Aromaterapia pode curar doenças?

A Aromaterapia trata-se de uma terapia que se utiliza as propriedades dos óleo essenciais para melhorar a saúde ao todo.

Esse tipo de terapia vem sendo muito estudada por cientistas do mundo inteiro. Já que vários óleos essenciais agem no corpo e nas emoções.

O fato é que muitos terapeutas utilizam os óleos essenciais para tratar casos de stress e problemas emocionais. Alguns psiquiatras reconhecem os efeitos dessas essências no tratamento de ansiedade, dores crônicas e distúrbios de sono.

E o uso da Aromaterapia está crescendo cada vez mais no Brasil. E um desses percussores dessa terapia é o André Ferraz que ministra o curso Pele de Petalas que é um curso online avançado sobre Aromaterapia para Estética e Emoções.

Afinal, a Aromaterapia pode curar doenças?

O fato é que já existem várias doenças tratadas pela Aromaterapia. As principais são para doenças de pele como a acne. Óleos de bergamota ou lavanda, por exemplo, tem ação bactericida e adstringente o que equilibra a oleosidade cutânea da pele.

Aromaterapia pode curar doençasPara quem sofre com alergias, o tratamento com Aromaterapia também pode ser uma boa. Os óleos essenciais de camomila ou lavanda são as opções de óleos para quem deseja ter controle sobre alergias das mais variadas. Sândalo, bergamota, jasmim e rosa também são alternativas, mais específicas.

As temidas rugas também podem ser tratadas com a Aromaterapia. Óleos de rosa e jasmim são excelentes restauradores de células, garantindo a juventude renovada da pele.

Para quem sofre com memória fraca e precisa melhorar a concentração o óleo de abeto pode ser excelente, pois o aroma oferece força em tempos de dificuldades que parecem insuperáveis e melhora a função imunitária.

Você sabia que o óleo de zimbro é um agente antimicrobiano que foi utilizado nos hospitais durante a epidemia da gripe de 1918 para prevenir que a infecção fosse transmitida pelo ar?

Pois bem, esse óleo essencial é muito utilizado para melhorar a concentração, reduzir a ansiedade e aliviar o stress. Jeanne Rose, autor de diversos livros de aromaterapia, sugeriu óleo de zimbro para ataques de pânico.

Outro óleo essencial que não podemos esquecer é o de cedro. Esse óleo pode servir como antidepressivo e afrodisíaco. Esse óleo também auxilia em congestionamentos na parte inferior do corpo, tal como menstruação intensa, síndrome do intestino irritável, e hipertrofia da próstata.

E por fim, ele também pode ser usado para infecção de pele, celulite e caspa.

Fonte:

https://www.greenme.com.br/viver/saude-e-bem-estar/910-conheca-as-doencas-que-podem-ser-tratadas-com-aromaterapia

Dicas para fazer um TCC de sucesso

TCCPor mais que o período da graduação seja cercado de aprendizado e crescimento intelectual, chega um momento em é necessário passar pelo principal desafio do mundo acadêmico: o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

Devido sua importância, muitos se desesperam antes de iniciá-lo, sem saber que essa ansiedade pode atrapalhar sua execução. Uma dica boa é fazer o curso TCC sem drama que mostra de um jeito descomplicado, como escolher o tema do TCC e fazê-lo de forma rápida, simples e eficiente.

Veja abaixo algumas dicas para elaborar seu TCC para o término de conclusão do seu curso de medicina.

Planejamento

Pra tudo na vida tem que ter um planejamento. O Trabalho de Conclusão de Curso envolve varias etapas, que devem ser respeitadas para que alcance um bom resultado. Geralmente esse processo começa com a escolha do tema e só é finalizado após a apresentação do projeto para a banca julgadora.

E ter esse planejamento é o primeiro passo para fazer um TCC de sucesso. Com o planejamento é muito mais fácil identificar a evolução do seu trabalho e ainda administrar seu tempo.

Companheiros de trabalho

A escolha dos companheiros de trabalho é muito importante. Procure escolher bons companheiros, que estejam dispostos a se empenhar da mesma forma que você. É bom destacar que nem sempre as pessoas que possuem maior afinidade são as mais indicadas para trabalharem juntas.

O mais indicado é que opte por pessoas que tenham habilidades complementares às suas, de modo que consigam agregar valor ao trabalho e compartilhar ideias.

Tema

A escolha do tema muitas das vez é o mais difícil para o TCC. O ideal é escolher um tema que te empolgue e que você tenha afinidade. Afinal, serão muitos dias e horas da sua vida que você vai trabalhar diariamente em cima desse projeto.

Por isso que na hora da escolha do tema, a afinidade pesa sim na hora da decisão. Nada de escolher temas mirabolantes e impossíveis de ser desenvolvidos. Com o tempo o aluno acaba cansando e desistindo do trabalho.

Leia, leia e leia!

Leia, leia e leiaO TCC não deve ser visto, apenas, como um trabalho para garantir o diploma da faculdade. Encare-o como um projeto profissional. Por isso, leia muito sobre o assunto do seu projeto, procure referências nacionais e internacionais e pesquise, na biblioteca da sua universidade, outros trabalhos sobre o mesmo tema.

A leitura também é muito importante para você atender as normas da ABNT. Por mais chato que seja, leia as regras da ABNT e entenda todas as regras que devem ser aplicadas no trabalho, tire suas dúvidas com antecedência e comece a usá-las desde o início do seu projeto.

Para mais dicas de como elaborar um TCC de sucesso, leia:

https://educacao.uol.com.br/noticias/2015/04/09/guia-aprenda-como-fazer-um-tcc-incrivel-em-10-passos.htm